Maneiras criativas de agradecer a presença dos convidados no seu evento

Nessa rotina louca em que vivemos, não é tão simples participarmos de todos os eventos para os quais somos convidados. É o trânsito, a agenda cheia, os compromissos profissionais e pessoais, a academia, a pós-graduação, os filhos, a casa, o custo. Por isso, quando um produtor de eventos organiza um evento é fundamental agradecer os convidados que puderam comparecer, apesar de todos os contratempos.

Evento Allianz Premium Reseller

Mas como sair do lugar comum? Como tirar o tom impessoal e mostrar que cada indivíduo foi importante no evento? Pensando nisso, o Event Manager Blog listou maneiras criativas de agradecer a presença dos convidados no seu evento. Inspirados nessa lista, aqui vão nossas dicas:

– Quem não gosta de ganhar um brinde? No fundo todos gostamos! Mas a chave é proporcionar brindes diferenciados, que surpreenda quem achou que iria ganhar um simples bloco de anotações ou caneta personalizada. Para saber se está escolhendo o brinde certo, o produtor de eventos pode fazer uma pesquisa com os convidados mostrando, dentre algumas opções, que presente eles gostariam mais. Isso vai deixá-los curiosos sobre qual brinde venceu e vão sentir que o produtor de eventos se preocupou com a opinião deles.

Maneiras criativas de agradecer a presença dos convidados no seu evento

– E quem não gosta de comer?! Como forma de agradecimento, você pode organizar uma mesa bem caprichada no final do evento, para os convidados terem o prazer de degustar comidinhas gostosas antes de partirem. E pode dar algo gostoso para eles levarem também.

Evento Allianz Seguros - Allianz Kids

– E também, quem hoje não está nas redes sociais? A grande maioria certamente está. O produtor de eventos pode fazer posts de agradecimento aos convidados, compartilhando um álbum com as fotos do dia. As pessoas que participaram vão compartilhar e o evento vai ganhar mais repercussão (gratuitamente!). Experimente também pesquisar tweets que mencionaram o evento – se não foi um evento grande, você poderá agradecer respondendo os principais tweets um a um. O mesmo vale para o Instagram, basta procurar pelas hashtags do seu evento (que você não pode esquecer-se de divulgar com antecedência).

Evento Corporativo Wall Street English - Social Club

 

Como lucrar com eventos corporativos

Todo evento tem um custo e, quanto maior o evento, mais alto esse custo. Então, como lucrar com eventos corporativos? Certamente, se eventos começam a dar prejuízo, as empresas ficam propensas a riscar essa verba do budget. Mas, se isso estiver acontecendo, é porque algo está errado, ou o objetivo não está alinhado com o tipo de evento, ou foi mal organizado, dentre outras mil possibilidades.

Mobile Day - Evento Yahoo! - Como lucrar com eventos corporativos

Eventos corporativos estão, na realidade, mais para investimento da marca, que outra coisa. O retorno pode não vir imediatamente, durante ou no dia seguinte ao evento, pode ser um plano de médio prazo. Mas, se ele for bem organizado e estiver alinhado com os objetivos da empresa, são altas as chances de que o retorno virá no tempo previsto.

Dicas práticas de como lucrar com eventos corporativos

 

  • Crie oportunidades

Junte as pessoas certas na hora certa e no evento certo, e providencie para que todas elas aproveitem ao máximo seu evento corporativo. Propicie o networking, incentive que as pessoas se conheçam. Eventos com clientes, parceiros, fornecedores, prospects, imprensa, podem gerar muitos frutos. As pessoas sairão com boas memórias, memórias essas atreladas à sua marca, que ficará ainda mais fortalecida. E uma marca forte têm chances muito maiores de gerar lucro.

 

  • Faça bem feito

Parece óbvio, mas na correria do dia a dia, o evento corporativo pode acabar sendo organizado sem a devida atenção. Isso acontece, geralmente, em algumas empresas que demandam a algum funcionário sem experiência que organize o evento. Quem é do meio sabe que organizar um BOM evento não é tarefa para qualquer pessoa. Por outro lado, quando o evento corporativo é bem feito, as pessoas irão falar dele para outras pessoas, irão tweetar, postar fotos, e a marca só tem a ganhar com esse buzz positivo. Só não se esqueça de que a repercussão de uma experiência negativa pode ser bem maior.

 

  • Multiplique

Se cada pessoa que tiver uma experiência positiva do seu evento corporativo contar para outra pessoa, o alcance do seu evento simplesmente dobra. Se divulgam nas redes sociais, esse pode atingir centenas e até milhares de pessoas. E todas essas pessoas se tornam possíveis clientes – mais uma chance da sua marca lucrar com o evento corporativo.

Como lucrar com eventos corporativos

6 dicas fáceis para melhorar a interação dos convidados com seu evento

Todo produtor sonha em realizar eventos em que os participantes fazem mil elogios, com um feedback positivo e um alto nível de engajamento. Contudo, na realidade, sabemos que nem sempre é assim. Mas será que há algo que o produtor de eventos possa fazer para assegurar que os participantes saiam do evento completamente conectados? Como podemos melhorar esse engajamento e tornar a experiência deles mais agradável? Pensando nisso, o Event Manager Blog preparou uma lista prática com seis dicas fáceis para melhorar a interação dos convidados com seu evento.

  1. Construa a relação com antecedência
    A construção do relacionamento com os convidados começa bem antes do dia do evento em si. Encontrar formas inovadoras de interagir antecipadamente com os participantes pode ser a chave para atraí-los e encorajá-los a se inscreverem ou confirmarem presença com antecedência. Esse relacionamento construído aos poucos vai aumentar e muito o nível de engajamento do convidado com o seu evento, muito antes do evento acontecer.
  2. Interaja pelas redes sociais
    Como sabemos, as redes sociais são uma grande maneira de conexão com as pessoas durante eventos. O produtor de eventos pode utilizar apps específicos para formar uma comunidade online em torno do evento e assunto, ou até mesmo organizar hangouts pré e pós-evento. Essas ações fazem com que participantes que não possam atender fisicamente o evento se sintam mais próximos, participando virtualmente. Durante o evento, forneça o twitter do palestrante, crie hashtags específicas, faça transmissões online e use as redes sociais para promover patrocinadores, parceiros e ong’s que estejam sendo apoiadas. Há mil formas de interagir e engajar online!
  3. Crie pequenos grupos
    Grupos grandes podem ser um pouco intimidadores. Já criar pequenos grupos de interação pode ajudar os convidados a se sentirem mais confortáveis. O produtor de eventos pode encorajar o envolvimento dos convidados baseado nas mesas em que estão sentados ou quem sabe segmentando por grupos (por região, idade…). Pequenos grupos ajudam a quebrar o gelo inicial.
  4. Organize um happy hour
    Quem não curte um happy hour depois de um longo dia de evento? Muitos grandes eventos proporcionam essa oportunidade, um tipo de evento menor com cara de happy hour, que deixa as pessoas mais relaxadas para conversar, se relacionar e fazer networking. É nesse momento que as melhores conexões e bate-papos podem surgir. Certamente será uma experiência bem positiva para seus convidados.
  5. Proporcione espaços para networking
    Frequentemente em eventos muito cheios é complicado encontrar um espaço adequado para ter uma conversa tranquila. É bem desconfortável ter que conversar enquanto equilibra bebida, comida e material de trabalho. Por isso, lembre-se de criar um espaço para networking com mesas, cadeiras e espaço de sobra.
  6. Crie oportunidades para perguntas
    Proporcionar painéis em que os convidados possam participar é uma maneira fantástica de encorajar as pessoas a se envolverem mais na discussão. Muitas vezes, esse espaço para perguntas tem tão ou mais valor do que ouvir palestrantes por horas a fio. Como esses momentos envolvem a audiência, as pessoas acabam interagindo mais e prestando mais atenção.

Esperamos que a interação dos convidados no seu evento seja um sucesso depois dessas dicas.

Como fazer seu próximo evento corporativo inspirado nos Jogos Olímpicos

Que tal fazer seu próximo evento corporativo inspirado nos Jogos Olímpicos? Com a aproximação dos Jogos Rio 2016, e toda a agitação em torno desse evento de relevância internacional, as empresas podem embarcar nessa onda e proporcionar a seus funcionários eventos que remetam à competitividade, espírito de equipe, perseverança, coragem, e tudo mais que gira em torno dos esportes. Afinal, todas essas características têm tudo a ver com o clima corporativo, não é mesmo?

Eventos inspirados nos Jogos Olímpicos
Foto: Bizbash

Dicas para organizar um evento corporativo inspirado nos Jogos Olímpicos

  • Que tal organizar um evento esportivo entre os funcionários? Pode ser um evento contemplando alguma modalidade que faça parte dos Jogos Olímpicos, com o objetivo de integração entre pessoas de diferentes áreas, ou até mesmo com foco em metas, com um tom motivacional, fazendo referência, por exemplo, a alguma campanha de metas que esteja rolando na empresa – como uma campanha de metas de vendas. Se não houver muito espaço disponível para a organização de um evento esportivo, ou se o orçamento estiver limitado, ainda sim é possível organizar o evento – você pode considerar modalidades que não requeiram muitas necessidades, como o tênis de mesa.
  • Você também pode organizar um evento esportivo para incentivar um estilo de vida mais saudável entre os funcionários, mostrando que a sua organização se preocupa com o bem estar de todos. Com espaços para práticas esportivas, o evento pode reafirmar a importância de uma vida menos sedentária – até porque, pessoas com mais saúde têm mais disposição e energia e consequentemente rendem mais. Não só a empresa sai ganhando, como cada indivíduo em sua vida pessoal.
  • Outra ideia é trazer a temática esportiva para seu evento corporativo. Num coquetel os garçons podem ficar uniformizados como juízes de futebol, o espaço pode ser decorado com camisetas de times, bandeiras, bolas, estampando a marca da empresa ou do patrocinador, você pode colocar uma cabine fotográfica com os convidados pousando como se fossem atletas, ou trazer artistas performáticos para representar alguma modalidade. Enfim, basta a usar a criatividade!

Eventos inspirados nos Jogos Olímpicos
Foto: Bizbash

Apesar de termos tido por aqui a Copa do Mundo em 2014 e estarmos para sediar os Jogos Olímpicos de 2016, não é sempre que temos a oportunidade de vivenciar esses grandes eventos esportivos tão de perto. Por isso essa é uma ótima oportunidade para explorar a temática e produzir eventos esportivos (ou inspirados nos jogos) de arrasar!

O inusitado outdoor bebível da Coca-Cola

As campanhas da Coca-Cola sempre surpreendem. A última ação da companhia que está dando o que falar tem sido chamada de ‘outdoor bebível’. Ele foi instalado em Indianópolis nos Estados Unidos para promover a Coca Zero.

Propaganda Outdoor Bebível Coca-Cola

Essa ação inovadora criou uma forma divertida de distribuir gratuitamente a Coca Zero para consumidores desavisados com uma série de campanhas ‘bebíveis’ de ativação e eventos.

O lançamento da campanha coincidiu com o patrocínio da Coca-Cola do torneio de basquete “Final Four”, promovido pela NCAA. Para o evento, que aconteceu no White River State Park, a empresa providenciou o ‘outdoor bebível’ que levava o contorno de uma garrafa do refrigerante de onde saía um canudo gigante formando a palavra “Taste” (“Experimente”). O outdoor parece magicamente derramar o refrigerante em seis fontes, à disposição de qualquer pessoa que passasse por ali sedento por uma Coca Zero geladinha.

Usando mais de 75 válvulas, quatro bombas de alta pressão e 16 sensores, o outdoor empurra o líquido e o ar através dos tubos fazendo com que pareça que o canudo está esvaziando. De acordo com a Coca, o outdoor funciona com ar comprimido suficiente para encher todas as bolas de basquete usadas durante o torneio.

Propaganda Outdoor Bebível Coca-Cola

Para os fãs da Coca-Cola que não estiveram em Indianópolis, a Coca Zero também criou um comercial ‘bebível’, para que as pessoas assistindo TV também pudessem apreciar a bebida. Para isso, foi usada uma tecnologia de reconhecimento de áudio (uma parceria com o aplicativo Shazam). Quando o usuário reconhecia a música do comercial através do aplicativo, uma Coca-Cola aparecia na tela do celular e ele ganhava um cupom virtual para trocar em alguma loja física por uma Coca-Cola grátis.

Veja como foi a produção do outdoor bebível:

E o comercial de TV:

Adoramos ações inspiradoras como essa. E vocês, gostaram?!

Especialistas dão dicas de como planejar um evento livre de obstáculos

Qualquer produtor de eventos sabe que organizar um evento é sempre um verdadeiro empreendimento, independente do seu porte. Há muito com o que se preocupar, do fechamento da data, passando pelo RSVP, até a seleção do serviço de catering. Nesse processo todo, muita coisa pode dar errado. Mas, para tornar seu próximo projeto o melhor possível, especialistas dão seis dicas de como planejar um evento livre de obstáculos.

Planejando um evento de sucesso

Dicas de produtores de eventos e especialistas da área para que sua execução seja simplesmente excelente

  • Use a tecnologia para ganhar agilidade

Lindsay Weiss é diretora de produção da agência de marketing MKG, uma empresa que trabalha com marcas criando experiências e eventos inovadores para se conectar com o público. Ela listou as ferramentas preferidas da agência para o planejamento de eventos:

- Bubb.li: o app tira fotos esféricas (“bubbles”), por isso é possível reproduzir todo o cenário – muito útil, por exemplo, em uma visita técnica – incluindo som.
Dark Sky: com tanto assunto para resolver, o clima é um daqueles itens que independe do nosso controle. Mas com um aplicativo de tempo que funciona como sua estação meteorológica pessoal, permitindo ver uma análise detalhada das condições atuais, incluindo a velocidade e direção do vento, umidade, pressão e visibilidade, com direito a atualizações minuto-a-minuto, a vida do produtor de eventos fica muito mais fácil.
Spotify: se o budget do cliente não consegue absorver a contratação de um grande DJ ou uma apresentação ao vivo, com esse app o produtor de eventos pode organizar playlists específicas para o grande dia. E, como plus, que tal compartilhar a playlist com os convidados, como forma de agradecimento pela participação, e de quebra ainda estender a vida útil do evento?
TINT: um app para engajar audiências. Esse é o papel desse aplicativo, que pode ajudar a divulgar nas redes sociais eventos, conferências e campanhas de marketing, e até mesmo fazer transmissões ao vivo.
Event Farm: ótima ferramenta para o envio de convites customizados, cadastro em eventos e check-ins, e até mesmo para venda de ingressos.
Google Maps: já pensou em usar o Google Maps para se familiarizar com os arredores do local do evento? Assim o produtor de eventos pode saber onde fica a papelaria mais próxima, a farmácia, os restaurantes e bares.

  • Comunicação é fundamental

A comunicação entre os envolvidos na organização de um evento é fundamental para que tudo corra bem. Kate Mider, gerente de contas da C3 Presents, comentou que fazem reuniões semanais para se certificar de que todos os departamentos – da criação e marketing ao operacional – estão alinhados. Ao organizar um evento, há sempre a chance de fatores inesperados surgirem, mas se todos se comunicarem com antecedência será mais fácil se adaptar e lidar com qualquer situação.

  • Crie propriedades

Richard Aaron, presidente do BizBash, tem muita sabedoria para transmitir sobre planejamento de eventos. Ele lembra a importância de se estruturar eventos de forma que designem propriedade. “Há seis zonas para eventos em Nova Iorque e a pessoa responsável deve possuir tudo nessa área – cada fornecedor dessa zona, cada relacionamento de um patrocinador”, ele diz.

  • Incorpore as mídias sociais e facilite o compartilhamento

Emily Gannett, co-fundadora e presidente da IRL Productions, recomenda tornar o compartilhamento simples: “inclua o Twitter, hashtags e informações sobre as outras redes sociais no convite; adicione-os nos menus dos bares, nos guardanapos das bebidas (impressos com a marca do cliente) e na cabine de fotos instantâneas. Deixe que os convidados saibam como podem compartilhar, onde estão e o que estão fazendo.”

  • Espere – e planeje para – o inesperado

Por mais que um evento esteja sendo bem organizado, o inesperado sempre pode acontecer. Considere os seguintes conselhos para lidar com as mais diversas variáveis:

- Temperatura local: para Gannett, “ao escolher um espaço, não se esqueça de perguntar sobre a temperatura. Espaços de festa são diferentes com centenas de pessoas dentro; sempre perguntamos se os espaços ficam quentes demais e, se sim, alugamos ventilador ou aparelhos de ar-condicionado adicionais”.
– Tempo: ela também recomenda organizar tudo com tempo extra, para todos os processos de entrega.
– Clima: ela diz “seja providenciando aquecedores para um evento ao ar livre com chances de esfriar, ou aparelhos de ar-condicionado industriais, no caso de um dia muito quente, ou só por tranquilidade requisitar uma quantia de guarda-chuvas para o caso de chover, é bom ver que todos os detalhes foram pensados”.
– Budget: Weiss recomenda manter um fundo de emergência.

  • Faça conexões significativas e trate bem as pessoas

O conselho principal de Aaron para produtores de eventos é: “trate as pessoas bem, mesmo quando as coisas derem erradas”. A gentileza é essencial para que as pessoas queiram fazer tudo por você.

Maneesh Goyal, fundador e presidente da MKG e Live In The Grey, reforça a importância de se construir conexões reais para o bem do evento. “Do pessoal da limpeza às celebridades, e todos no meio, sabemos que as conexões têm valor inestimável”. Não basta ter os contatos das pessoas na agenda do telefone – é preciso “sabermos o que cada um está fazendo. Sabermos que em caso de emergência, poderemos falar com quaisquer dessas pessoas (e fornecedores), e eles trabalharão ao nosso lado para resolver o nosso problema”.

 

Esperamos que essas dicas de como planejar um evento livre de obstáculos possam te ajudar no seu próximo desafio.

A i2 Produções é uma empresa especializada em planejamento e organização de eventos.

*Baseado em artigo do Mashable.

Meerkat, app que pode revolucionar a transmissão de eventos

Sempre que grandes eventos acontecem (ou nem tão grandes assim), é normal vermos uma onda de tweets dos participantes, contando em tempo real o que está acontecendo. Não só tweets, como fotos no Instagram, clicadas e publicadas na hora, e tudo compartilhado no Facebook. Isso já é comum de vermos acontecer, os presentes compartilhando o que estão vendo, fazendo inveja em quem não pôde participar, mas dando a eles a chance de acompanhar tudo em tempo real, à distância. A novidade é o Meerkat, um app pode revolucionar – ainda mais – a transmissão de eventos.

No SXSW, South by Southwest, o grande festival e conferência que acontece em Austin, no Texas, só se fala no Meerkat, um novo aplicativo de transmissão ao vivo que foi lançado há menos de um mês, mas já está fazendo muito barulho. Vários painéis e palestras do evento foram transmitidos ao vivo pelo app por participantes comuns, empresários de grandes corporações, jornalistas, profissionais de tecnologia, e outros, todos querendo experimentar a novidade, o que gerou um verdadeiro buzz. Como comentou Bryan Kramer, C.E.O. da agência de marketing digital PureMatter, “você não consegue dar dois passos sem ver alguém usando o Meerkat aqui (no SXSW)”.

Meerkat, app para eventos

Embora os posts gerados por essas transmissões sejam efêmeros, e a qualidade da imagem e do som não sejam perfeitas – são vídeos feitos pelo celular, sem tripé – é provável que quem esteja assistindo não se preocupe com isso. Na verdade, o que parece estar surgindo é uma transformação no modo como eventos como o SXSW são transmitidos por todo o mundo. Daqui para frente, qualquer evento, seja uma feira, convenção, festa, show ou workshop, pode ser afetado por essa tendência. Basta uma conexão com internet e pronto, quem não foi convidado para a festa poderá se juntar, ao menos virtualmente, à lista dos privilegiados participantes.

Enquanto o Meerkat – atualmente disponível apenas para iOS – é necessário para fazer a transmissão ao vivo do vídeo, a sessão pode ser assistida por pessoas que não tenham o app, via celular ou computador. O app gera um tweet que anuncia o início da transmissão, e o link também pode ser compartilhado no Facebook ou outras redes sociais. E quem está filmando pode salvar o vídeo para subir posteriormente no YouTube, por exemplo. Quem está assistindo pode dar ‘like’, retweetar ou comentar.

O Meerkat pode ser uma preocupação a mais para organizadores de eventos, já que será quase impossível manter alguma exclusividade, ou pode ser um benefício a mais, ao trazer mais gente falando sobre o evento, gratuitamente.

7 TED Talks que todo organizador de eventos deveria assistir

O BizBash (sempre comentamos aqui que adoramos esse site :)) organizou uma lista com 7 TED Talks que todo organizador de eventos deveria assistir. E quem já viu pelo menos algum TED Talk, de qualquer tema, sabe que os vídeos são inspiradores – e quem ainda não viu: vale a pena parar um pouquinho por dia para conferir cada vídeo dessa lista.

O TED2015 aconteceu na segunda quinzena de março e alguns talks tiveram muita repercussão, como o da ex-estagiária da Casa Branca e atual ativista social, Monica Lewinsky, o da artista performática Marina Abramovic, o ganhador do Prêmio Nobel 2014 Kailash Satyarthi e o criador do iPod, Tony Fadell.

Por isso, para entrar no clima do TED e do pensamento inovador que a conferência promove, confira a seleção do BizBash para inspirar mudanças, novas ideias e melhores estratégias.

Simon Sinek – a importância do porquê

Para organizadores de eventos, Sinef oferece um olhar sobre os motivos por trás do sucesso da Apple e sua teoria que “As pessoas não compram o que você faz; elas compram o porquê você faz. O objetivo não é fazer negócio com aqueles que precisam do que você tem. O objetivo é fazer negócio com pessoas que acreditam no que você acredita.”.

 

Seth Godin – comunidades apaixonantes

O autor, blogueiro e empreendedor é conhecido como uma voz poderosa no mundo do marketing. Em 2009 ele falou no TED sobre o conceito de tribos, pessoas conectadas por interesses que podem provocar um impacto maior do que a massa.

 

Sherry Turkle – como a tecnologia tem impactado a conexão e a comunicação entre as pessoas

No TED2012, Turkle falou sobre como a tecnologia criou uma hiper conectividade, mas também a ilusão do companheirismo. É uma perspectiva interessante para os organizadores de eventos, ao contar como o cenário digital tem redefinido o valor das relações presenciais e das conversas face a face.

 

Jinsop Lee – projetar para os cinco sentidos

O designer industrial compartilhou uma lição importante que ele aprendeu na sua carreira: o envolvimento dos cinco sentidos leva a experiências mais memoráveis. “Você vê, até agora, nós designers, temos focado principalmente em fazer coisas que sejam bonitas, e com um pouco do táctil, o que significa que temos ignorado os outros três sentidos… Então, e se começássemos a usar a teoria dos cinco sentidos em todos os designs?”.

 

David Grady – reuniões ruins

Grady zomba das reuniões ineficientes, argumentando que enquanto os encontros são importantes para a colaboração, os participantes deveriam compreender melhor os objetivos ao invés de apenas aceitar convites sem pensar. Para organizadores de eventos, a apresentação pode inspirar novas estratégias para tornar as conferências, convenções e outros eventos mais produtivos e agradáveis.

 

Morgan Spurlock – transparência da marca, identidade e patrocínio

O cineasta explica como e porque ele criou o The Greatest Movie Ever Sold, um documentário sobre propaganda, marketing e produto.

 

Joi Ito – inovação de baixo para cima

O diretor do MIT Media Lab contou no TED2014 sobre como ele formou um grupo de pessoas online para rastrear os níveis de radiação depois do terremoto de 2011 do Japão. Ele se vê não como um futurista, mas como um “agorista”. “Eu acho que as regras tradicionais que temos para as instituições não funcionam mais, e a maioria de nós aqui funciona com um conjunto diferente de princípios.”.

Ideias inusitadas de mostrar o logo da empresa em eventos corporativos

Produtores de eventos estão sempre pensando em formas criativas e inovadoras de se fazer um evento. Inclusive, eles precisam pensar fora do quadrado até mesmo para ter ideias inusitadas de mostrar o logo da empresa em eventos corporativos. Estamos acostumados a ver o logo do cliente ou do patrocinador impresso em guardanapos, banners, flyers. Mas como todo evento busca superar expectativas e encantar os participantes, até mesmo a localização do logo precisa ser muito bem pensada para ele não passar batido; pelo contrário, ele precisa ser notado!

O bom é que hoje os organizadores de eventos podem contar com a tecnologia nesse desafio. Com a adoção de tecnologia interativa, novas ideias e muita criatividade, os eventos corporativos podem trazer o logo da empresa das formas bem variadas, algumas inteligentes ou modernas, outras simplesmente impressionantes.

Que tal, por exemplo, colocar uma cabine de fotos em seu próximo evento corporativo? Essa é uma tendência que vem ganhando força. Além de entreter os convidados, a foto, que no final pode servir como brinde, pode incluir o logo da empresa. E essa mesma foto pode ser compartilhada instantaneamente nas redes sociais. Ótima estratégia!

Ou, já pensou em consumir o logo?! Sim, logos ou outros tipos de mensagens podem ser exibidos em comidas e bebidas. Pois é, o mundo está realmente muito avançado!


Como destacar o logo da empresa em eventos corporativos

Foto: Kevin Gonsalves

Outro jeito de o logo ser ‘ingerido’ é pelas mãos de baristas. Imagine seus convidados recebendo uma xícara de café com o logo de sua empresa decorado sobre a bebida?

E como pelo jeito consumir logos está na moda, descobrimos que eles podem estampar a superfície de frutas (sim, comestíveis mesmo, seguros para a saúde). Com certeza seus convidados ficarão surpresos!

Destaque o logo da empresa em eventos corporativos

Foto: Rick Bouthiette Photography

Ideias inusitadas de mostrar o logo da empresa em eventos corporativos irão não apenas impressionar os convidados, como causar um burburinho com grandes chances de se espalhar pelas redes sociais, inclusive através de fotos. Todos saem ganhando! Ponto para quem produziu o evento corporativo, ponto para o parceiro que ajudou a por a ideia em prática e, claro, ponto para o cliente!

As ideias desse artigo foram inspiradas em artigos de dois blogs que gostamos muito: o Event Manager Blog e o BizBash. Esperamos que elas inspirem vocês também!

Dicas para criar um evento corporativo memorável

Preparamos uma lista top com dicas para criar um evento corporativo memorável (ou qualquer outro tipo de evento). Quem trabalha com organização de eventos sabe que tudo pode acontecer, seja na preparação do evento, ou enquanto ele acontece. Saber trabalhar com o imprevisível é uma arte, mas dá para escapar das armadilhas do acaso com um bom planejamento e muita organização.

Dicas para criar um evento corporativo memorável

Todos nós já fomos a muitos eventos – de festas de aniversário a casamentos, passando por inaugurações, shows e até, claro, a festa da firma! Alguns desses eventos nós desejamos nunca mais ter que ir novamente, ou vamos por pura obrigação, enquanto em outros casos esperamos ansiosamente pelo próximo convite. E, obviamente, quando nós vamos organizar um evento, queremos que ele faça parte desses eventos que dão vontade de quero mais, os tais eventos memoráveis.

Daí você pode se perguntar: e um evento corporativo, muitas vezes não tão descolado ou com um grau de seriedade maior, ele também pode ser memorável?

Dicas de como organizar um evento corporativo

O que torna um evento corporativo memorável – veja as dicas

Eventos corporativos não só podem, como devem, ficar na cabeça das pessoas. E para conseguir um que realmente atinja seus objetivos, envolva os convidados e supere expectativas, existem algumas dicas simples, porém imbatíveis, que irão torná-lo memorável. Tudo depende de um ótimo planejamento e uma grande execução.

  • Determine objetivos claros: responda perguntas como: ‘o que os envolvidos esperam desse evento?’, ‘qual a razão da existência desse evento?’. Antes de começar o planejamento é importante ter um briefing claro, que pode ser conseguido em reuniões, através de pesquisas ou até mesmo falando com pessoas que tenham organizado o mesmo evento anteriormente, se for o caso. É interessante também saber de seus parceiros e fornecedores se eles já fizeram eventos similares e como foi. Informações desse tipo irão te ajudar a determinar objetivos, criar o planejamento e avaliar melhor os resultados. Tente mensurar o estilo do evento e o público, para então começar a pensar no tema.
  • Organize a logística: o cronograma é outro item essencial para o sucesso da organização de um evento – desde o início até o envio do e-mail de agradecimento, tudo precisa ser pontuado para se ter uma ideia de quanto tempo cada fase do projeto levará. Aproveite essa fase para fazer o checklist, o orçamento completo e delegar as tarefas de cada integrante da equipe.
  • Pense na divulgação: muita gente foca tanto na organização do evento corporativo que se esquece de uma parte fundamental que é a divulgação, e acaba fazendo uma comunicação fraca. Considere enviar e-mails de lembrete do evento, por exemplo, para que as pessoas se agendem com antecedência e saibam da importância de participar. Se for o caso, faça uma campanha nas redes sociais, coloque em newsletters, ou utilize os espaços físicos da empresa, como murais. Uma comunicação criativa irá certamente envolver os convidados antes mesmo do evento em si. Após o evento não se esqueça de mandar um cartão de agradecimento, seja on ou offline.
  • O evento: Chegou o grande dia! Reserve tempo suficiente para preparar tudo sem estresse e, se ocorrer algum imprevisto, não perca a calma. Delegue funções caso algo precise ser resolvido com urgência. Certifique-se que tudo anda conforme o cronograma – que, aliás, deve prever uma margem de tempo para eventuais acontecimentos.
  • Avalie: o evento acabou, mas o trabalho não! Peça um feedback dos convidados, parceiros e fornecedores. Tente saber o que foi bom e o que pode ser melhorado para seu próximo evento corporativo. Se houve divulgação nas redes sociais, analise como foi a repercussão. Essas informações irão dar mais ideias para eventos corporativos futuros, para serem ainda mais marcantes.

Evento corporativo Allianz Seguros - Etapa Brasil de F1 (2014)

Agora que você conferiu nossas dicas para criar um evento corporativo memorável, saiba que esses são os ingredientes para deixar os convidados com gostinho de quero mais!