Como a realidade virtual está sendo adotada nos jogos olímpicos

Realmente, não se pode negar que a tecnologia revoluciona as nossas vidas (vejam o Pokemon Go!). É impressionante ver os avanços e as novidades que aparecem a cada dia, e que acabam fazendo parte do nosso cotidiano.

Um exemplo disso pode ser visto nos Jogos Olímpicos Rio 2016: a rede de TV estadunidense NBC e a empresa de tecnologia Samsung firmaram parceria para usar a realidade virtual (VR) na transmissão dos Jogos – serão 85 horas da competição disponíveis em realidade virtual para os usuários do Samsung Gear VR, o óculos de realidade virtual da Samsung. Essa parceria pode, sem dúvidas, ser uma das novidades mais interessantes do evento, principalmente, é claro, para quem é ligado em tecnologia. Ainda mais, se for considerado que mais de 1 milhão de pessoas experimentaram o óculos em abril deste ano, nos EUA.

Espera-se que a ação dê à tecnologia a chance de brilhar durante todo o período dos Jogos. Segundo a revista Adweek, “a filmagem em VR incluirá atuações do basquete masculino, ginástica, atletismo, vôlei de praia, mergulho, boxe e esgrima”. Pacotes especiais para essas modalidades serão oferecidos pela NBC, que ajudará a distribuí-los pelo NBC Sports App.

Realidade virtual está sendo adotada nos jogos olímpicos

Para proteger os interesses da rede de TV, a programação em VR será passada com um dia de atraso. Mesmo assim, acredita-se que a experiência de imersão 360o dará uma nova perspectiva aos fãs – de esporte e de tecnologia. Mesmo porque não se pode dizer que será uma mera reprise, já que será uma experiência de imersão, e isso muda tudo.

Realidade aumentada no jogos Rio 2016

Como disse Gary Zenkel, presidente da NBC Olympics, na ocasião da divulgação da parceria, “os fãs olímpicos podem ser transportados de espaços emblemáticos, como o Estádio do Maracanã, com uma visão sem precedentes da cerimônia de abertura, para a praia de Copacabana, em uma experiência de imersão no vôlei de praia, num cenário perfeito para o esporte”.

Realidade virtual Rio 2016

Esse é um extraordinário exemplo de como aproximar a realidade virtual de um grande número de pessoas. Uma ideia que pode inspirar não apenas profissionais de marketing, mas também produtores de eventos a usar a VR em ações inovadoras, proporcionando experiências únicas.

Comentários