Os maus hábitos dos produtores de eventos

Será que você vai se identificar?

Maus hábitos dos produtores de eventos

O Event Manager Blog preparou uma lista com alguns maus hábitos que os produtores de eventos cultivam no dia-a-dia. Muitas vezes eles nos passam despercebidos mas, se reconhecemos, vale a pena ver se podemos melhorar, certo? Deixamos aqui nossa visão de alguns deles:

  1. Trabalhar dia e noite

O dia-a-dia corrido e sem muita uma rotina do produtor de eventos acaba fazendo com que nós trabalhemos em horários diferentes daqueles que seguem o tradicional 9h-18h, segunda a sexta. Acabamos fazendo home office muitas vezes, por conta dessa falta de horários mais regrada. Trabalhar em casa é ótimo, mas se não tivermos foco facilmente ficamos horas a fio sem parar de trabalhar e esquecemos de descansar. Se for esse o caso, estipule horas de trabalho e se policie. Descansar é tão importante quanto trabalhar!

  1. Ficar afobado em momentos de estresse

Muitos produtores de eventos deixam transparecer – não só à equipe, mas também aos convidados do evento – quando estão sob pressão. Realmente a pressão ocorre, mas o melhor é ser super profissional nesses momentos, e guardar para si os milhares de pensamentos, responsabilidades e decisões que possam estar passando pela cabeça e, principalmente, não deixar que a afobação tome conta do clima do evento corporativo. Afinal, aos outros pode passar a impressão de que as coisas não estão sob controle.

  1. Não ouvir

Na correria do dia-a-dia, às vezes o produtor de eventos se vê tão envolvido com suas tarefas que acaba esquecendo de prestar atenção no que os outros dizem. E  nessas, podem ser perdidas informações preciosas e detalhes que fariam diferença no resultado final do evento corporativo. Por isso é super importante ouvir o que sua equipe, fornecedores e demais envolvidos têm a dizer.

  1. Ser impulsivo

Confiar na intuição pode ser ótimo. Confiar na experiência então, maravilha. Ideias bem pensadas são sempre mais seguras do que decisões tomadas no impulso. Cuidado, pois a impulsividade pode custar dinheiro – não apenas o seu, mas o do seu cliente ou patrocinador.

  1. Querer ser autossuficiente

Saiba dividir as tarefas com a sua equipe, delegar e, principalmente, confie nas pessoas com as quais você trabalha. Em um planejamento de eventos já há muito trabalho a ser feito mesmo com um bom time, imagina sozinho. Sempre que  precisar, peça também conselhos e dicas para profissionais mais experientes e tenha a mente sempre aberta a novas ideias e aprendizados. Afinal, a gente nunca para de aprender.

  1. Achar que também é um convidado

Festas, celebridades, viagens. A vida do produtor de eventos pode até ter um lado bem divertido, mas não se engane, ainda assim é trabalho (e muito trabalho!). Mantenha sempre o foco profissional durante a entrega de um evento corporativo, afinal, você não é mais um dos convidados, mas sim quem está o responsável por fazer tudo aquilo acontecer.

Comentários