Posts

Lançamento do perfil SPFC no Spotify

Lançamento do perfil SPFC no Spotify, a ação foi no jogo SPFC 1 X 0 BAHIA, com quase 43mil torcedores no Estádio Cícero Pompeu de Toledo.

Foram distribuídos porta cartão para celular para os torcedores, no intervalo foi aberta uma bandeira com o logotipo do Spotify no centro do campo divulgando a #TricolorNoSpotify e os jogadores ganharam fones personalizados e caricaturas do elenco.

Trabalhamos com uma equipe de mais de 40 profissionais no dia, fomos responsáveis pela produção dos materiais.

 

Lançamento do perfil SPFC no Spotify

Fonte: i2 Produções

Lançamento do perfil SPFC no Spotify

Fonte: i2 Produções

Lançamento do perfil SPFC no Spotify

Fonte: i2 Produções

Parceria Spotify e Botafogo: mais uma produção da i2

Existem algumas combinações que funcionam tão bem que viraram tradição, como por exemplo café com leite, pipoca com guaraná (essa é para a geração X!) e música e futebol! Foi pensando nesse último par que o Spotify fez mais uma parceria com um time de futebol. E dessa vez foi o Botafogo que assinou um contrato para criação de um conteúdo de música na internet. O clube foi o primeiro do Rio de Janeiro a fechar uma parceria com a plataforma de streaming de música. Anteriormente, o Spotify já havia feito uma ação do tipo com Palmeiras e Corinthians.

Fonte: Facebook Botafogo Futebol e Regatas

Com essa parceria, o Botafogo passou a ter um perfil certificado dentro da plataforma, e os torcedores apaixonados podem se conectar ainda mais com seus ídolos e ouvir as playlists oficiais dos jogadores do elenco, como Rodrigo Pimpão #17 (Playlist do Pimpão), Treino do Dudu Cearense #AquiSim (Playlist Dudu) e a do General #IgorRabello (Playlist do Rabello), além do Hino do Botafogo, da playlist Estrelas Alvinegras e as músicas que embalaram o mais recente título do time, o Carioca 2018 (Playlist Campeão Carioca). É a rádio oficial do Botafogo dentro do Spotify.

Parceria Spotify e Botafogo: mais uma produção da i2

Fonte: Facebook Botafogo Futebol e Regatas

Para lançar a parceria foram feitas algumas ativações na partida entre Botafogo x Grêmio, do Campeonato Brasileiro, que aconteceu no dia 28 de abril. E é aí que a i2 entra!

Ações realizadas pela i2 Produções para celebração da parceria Spotify x Botafogo

Já no começo do ano demos início aos trabalhos. Uma parceria desse tipo demanda uma produção com três a quatro meses de antecedência. Assim, a partir de uma reunião de briefing com o time escolhido e uma visita técnica ao estádio onde aconteceria a partida, seguiu-se o brainstorm de ideias e peças que fariam parte da ação.

E como resultado tivemos:

  1. Presente especial para jogadores e comissão técnica
    • Produzimos um fone personalizado com logos do Spotify e do Botafogo, além do nome de cada jogador ou integrante da comissão. Os jogadores entraram em campo usando seus fones e, durante o anúncio da escalação do time, caricaturas dos atletas com esses fones foram mostradas no telão do Estádio Nilton Santos.
    • Criamos uma ilustração personalizada que foi entregue para cada jogador no dia da partida.
  2. Presente para os torcedores
    • Produzimos três backdrops que foram instalados nas entradas do estádio para os torcedores tirarem fotos.
    • Organizamos um time de 20 promotores que cuidou da distribuição gratuita de 7 mil copos ecológicos e exclusivos da parceria para a torcida no dia do jogo. Aliás, o Botafogo aposta muito nessa questão ecológica e quer ser o primeiro time do Brasil que não utiliza material descartável em seus jogos. Esse foi o 1° Jogo da América Latina 100% sem copos descartáveis.
  3. Biriba, o mascote
    • O mascote Biriba entrou em campo com uma bandeira com a hashtag da parceria #BotafogoNoSpotify.

Parceria Spotify e Botafogo: mais uma produção da i2

Fonte: Facebook Botafogo Futebol e Regatas

“Sabemos que é praticamente impossível separar a música do futebol. Essa é mais uma prova de que essas duas paixões sempre estarão conectadas no coração do brasileiro. O Spotify e o Botafogo se juntaram para, mais uma vez, aproximar o fã de seus ídolos, através de conteúdos exclusivos na plataforma”, disse Carol Baracat, Head de Marketing Spotify América Latina.

“É um prazer para o Botafogo firmar parceria com o Spotify, uma marca presente no nosso dia a dia. Temos investido bastante na aproximação com o torcedor nas mais diversas mídias. Essa união é estratégica para nós”, comemorou o Vice-Presidente de Comunicação e Marketing do Botafogo Marcio Padilha.

Parceria Spotify e Botafogo: mais uma produção da i2

Fonte: Facebook Botafogo Futebol e Regatas

Além de ativações nos canais digitais do clube, chamadas no site oficial e na Botafogo TV, a campanha teve uma excelente repercussão na mídia e nós da i2 ficamos muito satisfeitos por fazer parte dessa jogada!

8 dicas de ouro da Produtora de Eventos da Rainha Elizabeth

Lady Elizabeth Anson é produtora de eventos da Rainha Elizabeth II por mais de 50 anos. Prima da rainha, Lady Elizabeth é filha da Princesa Anne da Dinamarca, e neta do Rei George VI. Além da rainha, ela tem outros clientes-celebridades, como Tom Cruise e os Rolling Stones, e outros famosos que procuram por ela quando querem discrição nos seus eventos.

Promotora de eventos Lady Elizabeth Anson

Fonte: http://www.thesundaytimes.co.uk/

Em uma entrevista ao The New York Times, ela deu suas dicas para produção de eventos, sejam eles para a realeza ou não. Há oito regras que ela segue à risca ao organizar seus eventos:

  1. O convite dá o tom do evento – Se você tem um convite com aparência barata, segundo ela, as convidados vão imaginar que haverá vinho azedo e comida péssima no evento. E não queremos isso, certo? Algo simples porém elegante é a medida certa.
  2.  Festas boas não têm que ser extravagantes – “Uma festa com uma mesa com bons vinhos e massas ou salsinhas e um purê saborosos pode fazer tanto sucesso quanto uma mesa com caviar, ostras e lagostas”, diz Lady Elizabeth. E continua “Ingredientes caros não são tudo. O que importa são as pessoas”.
  3. Boa iluminação é essencial – Depois dos convidados, o item mais importante na produção de um evento é a utilização de uma iluminação apropriada. A iluminação tanto pode resolver como estragar tudo. “Você pode usá-la para fazer as pessoas parecerem mais bonitas e para dividir um grande ambiente”.
  4. Faça todos se sentarem – quer um jeito de fazer os convidados irem logo para suas cadeiras? Diga a eles que a comida já será servida e que será ‘suflê’ – segundo Lady Elizabeth, a deixa do suflê nunca falha, mesmo quando a comida é outra ;).
  5. Acomode todos as pessoas chatas juntas (!!) – sim, e a produtora de eventos da rainha britânica ainda diz que essa é a melhor dica dela.
  6. Uma mesa de jantar redonda é a melhor opção – a produtora de eventos diz que é feliz por ter uma mesa redonda em casa, e poder deixar os protocolos de lado – não ter que decidir quem é o convidado mais importante e onde ele deve sentar. “Torna a vida mais fácil”, ela diz. “Se houver um duque, ele pode se sentar em algum lugar oposto a mim se eu achar que há alguém mais interessante que quero sentado ao meu lado”.
  7. Atenda o telefone – é a maneira mais rápida de deixar tudo organizado, e deixa pouco espaço para mal entendidos. Ela diz que sabe que está fora de moda, mas é instantâneo: “não quero e-mails intermináveis”.
  8. Termine a festa quando houver pelo menos 20 pessoas na pista de dança – “Se você deixar ir acabando gradualmente, é a morte”, acredita a produtora de eventos “Em toda minha carreira só cometi um erro, que foi ser convencida a reiniciar a banda. Foi um fracasso”. Anuncie (ou peça que a banda o faça) que será a penúltima música, e peça para o bar parar o serviço. “As pessoas saem mais rápido quando não podem mais beber”.

E aí,concorda com as dicas da produtora de eventos da rainha Elizabeth?!

 

Globo de Ouro 2016: confira como foi o menu e a decoração do evento

A edição desse ano do Globo de Ouro – ou Golden Globes – acabou de acontecer nesse domingo, 10 de janeiro, e o evento foi um luxo e a cara da riqueza, como sempre – os modelitos de estilistas famosos usados pelos 1.300 convidados/celebridades só comprovam isso.

Como acontece anualmente, o 73º Golden Globes foi apresentado no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles. Para você ter um ‘gostinho’ do menu preparado pelo chef executivo do hotel, Troy N. Thompson, veja como foram os pratos:

Aperitivo – salada californiana com influência asiática, composta por berinjela, couve chinesa, rabanete, flor de lótus, e folhas de mostarda, envolta em molho de gengibre

Entrada – filé de carne com crosta marinara e truta assada com alho negro, alcaparras fritas e batata doce
Opção para os vegetarianos – batata doce assada com creme de milho rodeada por vegetais de inverno

Sobremesa – trio de doces do chef pâtissier Thomas Henzi, incluindo mousseline de limão com centro de pistache, bolo de amêndoas e uma Grand Marnier Carmella (uma mousse de chocolate sobre um bolo sem farinha). Em homenagem à ocasião, chocolate e detalhes em dourado (como o anel decorando a mousse).

Um dos pratos servidos no Globo de OuroFonte: The Daily Meal

Prato servido no Globo de OuroFonte: The Daily Meal

Outra opção de prato servido no eventoFonte: The Daily Meal

Menu do Globo de OuroFonte: The Daily Meal

Obs.: para quem quiser se arriscar na cozinha e fazer os pratos, o hotel divulgou as receitas (em inglês). O site Mashable publicou aqui.

Para acompanhar, Moët & Chandon – a champagne oficial do evento há 25 anos. Em uma competição organizada pela Moët & Chandon para escolher o coquetel do evento, a criação de uma mixologista local foi a vencedora. A Moët Ruby Red, uma visão moderna do coquetel French 75, e uma homenagem ao O Mágico de Oz, inclui suco de limão, estragão, framboesa, vodca, citrus, e Moët & Chandon Imperial. A Moët & Chandon também criou e lançou uma champagne personalizada para os 25 anos de parceria, uma edição limitada de minigarrafas para as estrelas degustarem no tapete vermelho.

Edição limitada do champagne Fonte: Bizbash

Uma visão moderna do coquetel French 75 e uma homenagem ao "O Mágico de Oz".Fonte: Bizbash

Coquetel do evento criado por uma mixologista localFonte: Bizbash

Na decoração floral, foi criada uma combinação de cores vívidas e super contrastantes para harmonizar com os tons de prata e dourado do palco. Cerca de 10 mil flores da Holanda e América do Sul foram escolhidas para embelezar o show, que deveriam passar uma sensação agradável pelas lentes das câmeras de TV. Os arranjos incluíam quatro variedades diferentes de rosas verdes e douradas, com hortênsias e jacintos misturados em tons profundos de lavanda, e orquídeas roxas, fixados em cilindros de vidro envoltos com tecido prata.

Decoração Globo de Ouro 2016Fonte: Bizbash

Decoração do Globo de Ouro 2016Fonte: Bizbash

Deu para se sentir um pouquinho lá dentro do Golden Globes 2016?

Um dia fora do escritório – como tirar o máximo proveito dos eventos corporativos de integração

Um dia fora do escritório é ótimo para os funcionários retomarem o fôlego e saírem um pouco do ambiente muitas vezes estressante que a rotina de trabalho produz. Não estamos falando em home office (que também tem suas muitas vantagens) e nem em um dia de folga. Estamos falando sim é de tirar as pessoas do ambiente de trabalho, levá-los para um espaço externo e promover um evento corporativo de integração. Mas como tirar o máximo proveito dos eventos corporativos de integração?

Claro que qualquer empresário se preocupará com um dia sem produção, mas quando o motivo vai se reverter em benefício não só para as pessoas, como também para os negócios, daí o jogo muda de figura. Aliás, falamos aqui sobre como planejar um evento corporativo para integração de equipes e que benefícios eles proporcionam.

O site Bizbash falou com alguns profissionais de eventos que deram dicas de como organizar eventos de integração de sucesso. Eis aqui algumas das dicas valiosas que eles deram.

 4 dicas para tirar o máximo proveito dos eventos corporativos de integração

  • Construa parcerias entre os fornecedores

Todos os elementos envolvidos para que o evento aconteça – do transporte e espaço até o serviço de catering – facilmente se tornam peças soltas no quebra-cabeça. Rebecca Tilley, diretora da Adventure Associates – empresa que oferece treinamentos de liderança corporativa e programas de integração de equipes –, sugere construir um forte time de fornecedores e encorajá-los a conversarem entre si.

  • Estabeleça objetivos

Tilley também recomenda ter objetivos claros para o evento corporativo de integração – a equipe envolvida precisa estar ciente desses objetivos. Uma vez definidos, daí sim é hora de pensar na programação do evento.

  • Agenda um tempo livre

Para Bruce Withrow, fundador da Meeting Facilitators International, companhia que facilita a realização de eventos corporativos de integração, o ideal é ter um balanço nas atividades: “nem tudo precisa ser programado. Se forem vários dias de evento, os participantes muitas vezes apreciam uma noite livre, assim eles podem fazer suas coisas”. Somando-se a isso, os espaços devem ter locais para conversas e encontros informais, diz Joyce Bromberg, vice-presidente de inovação e design da Convene, empresa que oferece espaços para conferências. Aliás, até um detox digital pode ser muito bem vindo em eventos de integração – nos momentos offline os eventos de integração podem render muito mais.

  • Programe atividades em grupo

Atividades em equipe durante um evento corporativo de integração servem para construir relacionamentos e quebrar o gelo. Para Bromberg, “há a oportunidade de se fazer um evento memorável, que as pessoas irão se lembrar, e uma maneira de se criar experiências partilhadas”. Pode ser uma aula de culinária, uma degustação de vinhos, até mesmo um brinde de comemoração. Contudo, alguns grupos podem preferir outros tipos de atividades, que não as em equipe: “se for o time sênior e eles trabalham juntos por anos, você não precisa quebrar o gelo. É uma total perda de tempo”, complementou ele.

Eventos corporativos de integraçãoFonte: FreePik.

Ainda não dá para descansar: 5 ações para se fazer depois do evento

A gente sabe que quem trabalha com eventos gosta de uma rotina mais movimentada, mas que dá aquela vontade de tirar uns dias de folga depois da entrega de um grande evento, ah… isso dá! Porque vida de produtor de eventos costuma ser corrida, especialmente nos dias que antecedem o evento, e quando ele termina, o cansaço bate. Mas todo o trabalho só se conclui com o pós-evento, por isso não dá para descansar tão cedo! Veja algumas ações que você deve tomar quando passar o evento.

Ações para se fazer depois do eventoFonte: I2 Produções.

Anote: 5 ações de pós-evento

1) Agradecimento
Faz toda a diferença os convidados saberem que foram lembrados depois do evento e que a presença deles foi especial – principalmente em evento corporativo essa etapa do pós-evento é fundamental estrategicamente. Agradeça a participação deles, de forma personalizada, enviando uma cartinha com um clique tirado no evento, por exemplo. O bom dessa parte do trabalho é que ela pode ser preparada com antecedência – aproveite o banco de dados usado no registro para a coleta dos dados de contatos que você precisará usar nessa fase (como e-mail ou endereço físico).

2) Feedback
Quer saber se seu evento foi um sucesso? Ouça o feedback dos participantes. Isso é ainda mais relevante se for um evento corporativo e você precisa saber se a estratégia do evento foi escolhida corretamente e se os objetivos foram atingidos. Você pode coletar esse feedback ao final do evento corporativo, pedindo para os convidados responderem uma pesquisa de avaliação e, mais do que isso, monitore o que estão falando nas redes sociais, pois esses feedbacks espontâneos são muito valiosos também.

3) Redes Sociais
E por falar em redes sociais, se seu evento foi um sucesso, as pessoas continuarão falando dele nos dias seguintes ao evento. Aproveite o burburinho para postar fotos, slides de apresentações que foram realizadas, e compartilhe com o público tudo o que mídia estiver falando sobre o seu evento. Mas não demore para fazer isso, o evento ainda precisa estar fresco na cabeça das pessoas para esse trabalho dar certo. Para não perder tempo, uma boa curadoria ajuda bastante. Se for um evento corporativo, as redes sociais servem como um super suporte para o trabalho de branding.

4) Balanço
É hora de colocar as contas na balança: analisar se as cotas de patrocínio foram suficientes, se houve gastos extras que não haviam sido previstos, se o número de registros deveria ter sido maior (ou menor), onde foi possível economizar. Essa análise é importante para o produtor de eventos, tanto para prestar contas com o cliente, quanto para planejamentos futuros.

5) Debrief
Depois dessas etapas junte o pessoal envolvido no projeto para fazer o debrief e discutir se os objetivos foram alcançados e verificar o que foi bom e o que pode ser melhorado para o próximo evento. É o momento para celebrar vitórias e agradecer o empenho de toda a equipe para que eles já fiquem animados para a realização do próximo evento.

O que fazer no pós-eventoFonte: Live Science.

Depois disso, você pode relaxar sem culpas. Recarregar as baterias para a próxima empreitada faz bem para a saúde e para a produtividade.